Quem nunca precisou criar um gráfico e teve que recorrer ao Excel para fazê-lo, certo?

Essa é uma situação comum que pode acontecer com qualquer pessoa, seja no ambiente de trabalho ou mesmo no doméstico (um gráfico de renda mensal, por exemplo).

Bem, dentre as dezenas opções de gráficos temos o famoso: gráfico de coluna.

Por serem versáteis e facilmente criados, são amplamente utilizados em todos os campos, pesquisas científicas, censos do IBGE, etc.

Enfim, vamos descobrir quando usar e como plotar um gráfico de coluna? Continue lendo esse tutorial e descubra.

Clique no play no vídeo abaixo ou leia o tutorial.

QUANDO USAR O GRÁFICO DE COLUNA

O gráfico de coluna é o mais utilizado de todos.

Ele é composto por 2 eixos (duas variáveis) e as barras desenhadas comparam visualmente os valores descritos.

Esse gráfico é especialmente útil para demonstrar alterações durante um determinado período de tempo ou para ilustrar a comparação de dois itens.

Fazer uma plotagem das vendas anuais de uma empresa é um bom exemplo!

Mas agora que você já sabe quando utilizar esse tipo de gráfico, focaremos em como cria-los utilizando o Excel como ferramenta para tal.

CRIANDO GRÁFICO DE COLUNA NO EXCEL

O primeiro passo para montar esse gráfico é pensar em suas variáveis.

Para esse em específico serão 2.

Preferencialmente, alinhe os gráficos lado a lado de forma a ficar fácil sua edição. Veja abaixo:

No exemplo acima estamos utilizando o faturamento mensal de uma empresa fictícia para mostrar uma possibilidade para organização dos dados.

Pronto, agora que os dados já estão organizados podemos começar a plotar o gráfico!

  • Selecione os dados, mas deixe de fora os títulos das colunas. Faça isso dessa forma:
  • Clique em inserir na aba superior
  • Clique em inserir o gráfico de colunas ou barras

Aqui, uma dica interessante é usar a opção Gráficos Recomendados logo do lado.

Ao clicar o Excel analisará os seus dados e indicará o melhor tipo de gráfico possível.

É ótimo para quem não tem certeza de qual tipo usar, porque as vezes um simples gráfico pizza é o suficiente.

  • Ao escolher o gráfico em colunas que você deseja utilizar, você terá uma planilha similar a seguinte

PERSONALIZAÇÃO DO GRÁFICO DE COLUNA

Uma vez plotado, existem alguns pormenores para a personalização do design do seu gráfico.

Você pode fazer isso diretamente nos estilos prefeitos do Excel.

Ou mesmo nessa opção Estilos de Gráficos podendo personalizar estilo e cores, combinando com a logo da empresa ou mesmo só escolhendo sua cor favorita.

Você também pode personalizar o os Elementos do Gráfico.

E até selecionar quais dados você quer que apareça no gráfico final.

Após deixar o gráfico exatamente como você quer, basta usá-lo em sua apresentação de slide, ou mesmo colá-lo no Word para usá-lo em um documento.

Pratique usando a planilha de exercício. Clique aqui para baixar.


Herbert Bento
Herbert Bento

Aprender Excel vai aumentar suas oportunidades profissionais. Em bom português: aprenda Excel e MAXimize seu potencial.

    12 comentários sobre "Inserir e Formatar Gráfico de Coluna (EP #4)"

    • Muito bom seus tutorias, estou terminado o curso básico de Informatica e pretendo aprofunda na Informatica .O Excel esta em tudo que fazemos no dia-a-dia,ferramenta fundamental de uso, tanto no profissional como no pessoal. Isto estar me agregando conhecimentos,aprendizagem e valores .Continuo aguardando os próximos passos,abrçs.

    • Luiz Celso Braga

      Bom dia,muito útil e necessárias as dicas de Excel, sempre uso em relatórios e estatísticas, e devido ao amplo conteúdo sempre estamos aprendendo com suas dicas. Me informe quando estiver dispinível as Planilhas.
      Agradeço.
      Um abraço.

    • José Felipe de Oliveira

      Boa noite! Já tenho uma experiência básica em Excell. Suas dicas tem sido de um valor inestimável. Muito obrigado.

    • JOSÉ MARQUES JÚNIOR

      BOM DIA HERBERT,COMO NÃO ENTENDO NADA DE EXCEL,ESTOU TENTANDO LER O QUE VOCÊ ESTA MANDANDO,MAIS SE DEUS ME AJUDAR EU VOU APRENDER COM SUAS DICAS,UM GRANDE ABRAÇO.

      • Herbert Bento

        José Marques, não tem mistério. É só ir dando um passo de cada vez. E colocar em prática. Com o tempo você vai evoluir. Abraço e obrigado por comentar!

    • Ricardo Abreu

      Obrigado pelas dicas Herbert…Gostaria de saber de voce tem algo sobre tabela dinamica…Continue este bom trabalho

      • Herbert Bento

        Oi Ricardo, teremos algo sobre tabela dinâmica muito em breve! Obrigado por comentar!

    • Jander

      Show de bola. Obrigado pelas dicas.

      • Herbert Bento

        Valeu Jander!

    • Sílvia

      Olá, Herbert!
      Excelentes dicas! Super obrigada por compartilhar!

      Uma sugestão é dar a dica de como inserir o segundo eixo quando necessário! Aproveitando, também queria sugerir dicas de operações com horas (para, por exemplo, cálculo de apuração de horas extras excedentes ou a compensar). 🙂

      Mais uma vez, te agradeço!
      Um abraço!

      • Herbert Bento

        Olá Silvia. Obrigado por suas sugestões! Vou colocar na pauta!

    • Herbert Bento

      Gostou deste tutorial? Deixe seu comentário aqui !

Use o campo abaixo para deixar sua dúvida, elogio ou sugestão!

Digite seu comentário abaixo. Depois digite seu nome e e-mail (seu e-mail não vai aparecer para outras pessoas).