Meu aprendizado de Excel foi muito prático. Fui aprendendo com os colegas de trabalho.

Por isso, muitas vezes eu me surpreendo com o nome de algumas coisas, que eu nem sabia que tinha nome!

É o caso do tutorial de hoje, onde você vai aprender como fazer uma planilha de consolidação.

Mas o que é isso?

Imagina que você trabalha em uma empresa que possui filiais em várias cidades, e todas essas filiais preenchem um relatório padrão de vendas por produto (a mesma planilha é preenchida por todas as filiais).

Só que você trabalha na “holding” e é seu papel consolidar o resultado de todas as filiais.

Então você decide montar uma planilha Excel, onde em cada aba tem o nome da filial, e há também uma aba chamada “Consolidado” que soma os resultados de todas as abas das filiais.

O Excel chama isso de referência 3D

Alguns chamam também de soma 3D, embora, na minha opinião, referência 3D é mais correto porque pode ser aplicado para diversas funções além da soma.

Segundo o suporte do Office, referência 3D é:

“Uma referência que seja relativa à mesma célula ou intervalo em várias planilhas é chamada referência 3D. Uma referência 3D é uma forma útil e conveniente de consultar várias planilhas que seguem o mesmo padrão e em que as células em cada planilha contêm o mesmo tipo de dados, como ao consolidar dados de orçamento de diferentes departamentos na sua organização.” 

Bem, chega de introdução e vamos ao caso prático?

Vou abrir aqui o meu Excel e vou montar um caso prático para você entender.

Algumas vezes eu prefiro ensinar usando textos e imagens, e outras vezes com vídeos. Esse é o caso de hoje. Achei que com vídeo fica mais fácil de explicar. Clique no play e assista.

Importante: esse recurso do Excel, como qualquer outro, é altamente recomendado que você pratique para aprender como fazer na prática. Recomendo que experimente também no seu Excel para fixar a aprendizagem.

Referência 3D e as alterações na estrutura da planilha

Outro conhecimento útil é: como as referências 3-D se alteram quando você move, copia, insere ou exclui as planilhas?

Os exemplos abaixo ajudam a explicar.

Os exemplos usam a fórmula =SOMA(filial2:filial6!A2:A5) para somar as células A2 a A5, nas planilhas 2 a 6.

Inserir ou copiar

Se você inserir ou copiar planilhas entre a filial2 e a filial6 (os pontos extremos), então o Excel incluirá todos os valores nas células A2 a A5, das planilhas adicionadas nos cálculos.

Excluir

Se você excluir planilhas entre a filial2 e a filial6, o Excel removerá seus valores do cálculo.

Mover

Se você mover planilhas da filial2 até a filial6 para um local fora do intervalo definido pelos extremos, então o Excel removerá seus valores do cálculo.

Mover para um ponto de extremidade

Se você mover a filial2 ou a filial6 para outro local, na mesma pasta de trabalho, então o Excel ajustará o cálculo para incluir as novas planilhas entre elas.

E se você reverter os pontos de extremidade?

Por exemplo, se você tem uma referência para a filial2:filial6 e se você mover a filial2 após a filial6, então a fórmula apontará para filial3:filial6.

Se você mover a filial6 para esquerda da filial2, a fórmula será ajustada para apontar para a filial2:filial5.

Excluir um ponto de extremidade

Se você excluir a filial2 ou a filial6, então o Excel removerá os valores daquela planilha de trabalho do cálculo.

Não deixe de abrir o seu Excel e praticar o uso da referência 3D.


Herbert Bento
Herbert Bento

Aprender Excel vai aumentar suas oportunidades profissionais. Em bom português: aprenda Excel e MAXimize seu potencial.

Use o campo abaixo para deixar sua dúvida, elogio ou sugestão!

Digite seu comentário abaixo. Depois digite seu nome e e-mail (seu e-mail não vai aparecer para outras pessoas).